4 Passos para registrar sua Marca no INPI

A marca é o que vai diferenciar o seu produto ou serviço dos seus concorrentes e criar uma identificação com o consumidor. O registro não é obrigatório, porém é altamente recomendado. Uma marca eleva o status de um negócio, pois mostra que a empresa é preocupada com sua imagem, e também aumenta o valor do negócio, caso obtenha vendas ou investimentos.

Ter uma marca significa um importante e grande valor. Em certas empresas, a marca é maior do que todos os bens e serviços oferecidos. Porém, o processo no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual) é longo e pode levar até quatro anos para se concluir.

Você pode registrar como marca a sua razão social (o nome de registro na Junta Comercial), o seu nome fantasia (como é conhecida no mercado) ou qualquer outro que preferir. Sua empresa pode ter várias marcas e cada uma terá que ter um registro.

Leia abaixo quatro dicas de como registrar sua marca no INPI.

1 – Pesquisa

Pesquisar Marca

Antes de efetuar o pedido de registro, faça uma prévia pesquisa no INPI, que é o órgão que organiza os procedimentos de registro de marca e saiba se ela já foi registrada por outra empresa.

Você também pode consultar a Junta Comercial do estado e o site Registro.Br, que coordena o registro de domínios. Além disso, pesquise na internet como se fosse um cliente e saiba o que já existe com o nome que você deseja.

2 – Naturezas da marca

Naturezas da Marca

É importante pesquisar o passado de sua marca antes de fazer o pedido de registro. E é necessário definir a natureza da marca: se é marca de produto, marca de serviço, marca coletiva (de grupos ou entidades) ou marca de certificação (se os produtos ou serviços obedecem a determinadas normas ou técnicas específicas).

3 – Marca Mista ou Nominativa

Marca Mista ou Nominativa

Defina qual é o tipo de sua marca: se é mista ou nominativa. A mista é aquela que vai proteger o nome (fonema/grafia), formato da letra, as cores e o símbolo. A nominativa protege apenas o nome. É recomendado que sua marca fosse mista.

Mesmo que não seja, é importante que você esclareça esse detalhe na hora de fazer o registro de sua marca.

4 – Fazendo o Pedido

Como Registrar sua marca

Não é difícil encaminhar um pedido de registro de marca ao INPI. Você pode enviar pela internet, presencialmente nas unidades físicas do INPI ou enviando os formulários pelos Correios.

Tais formulários estão disponíveis na página do órgão na internet. Porém, é preciso pagar uma taxa, que vai de acordo com a natureza de sua marca.

Veja que não é difícil registrar sua marca. Mas, caso tenha alguma dificuldade, procure escritórios especializados nesse tipo de serviço e que cuide com qualidade esse processo. Definidos todos os parâmetros para a marca, envie-os para o escritório, juntamente com os documentos que costumam pedir:

  • Para Pessoa Física: Nome, CPF, RG e comprovante de exercício da profissão, como carteira profissional;
  • Para Pessoa Jurídica: CNPJ, Nome do sócio, CPF e RG;

Deixe uma resposta