5 PASSOS PARA CRIAR OPORTUNIDADES NA CRISE

 

Quando estamos em uma crise escutamos o mesmo papo de sempre: é na crise que estão as grandes oportunidades, na crise você mostra se é bom ou não como empresário, na crise o treino vira jogo etc.

A verdade é que a crise é um excelente  evento de controle demográfico de pequenas empresas, devasta mais que um furacão. Por isso há a necessidade de ter bases sólidas para aguentar o tranco.

Isso mesmo, em períodos de crises, muita empresas desaparecem do mapa deixando um trauma imenso em seus empreendedores.

E aí, você acha que esse cara que faliu vai cair nesse papo que a crise é uma grande oportunidade?

Provavelmente não. Ele já está muito machucado para acreditar nisso.

Mas isso não quer dizer que a crise não é uma grande oportunidade nem que a crise mata os empresários.

O que mata os empresários, na verdade, é não estar preparado para os períodos de baixa.

É querer sempre fazer as mesmas coisas o tempo todo.

Infelizmente no Brasil a grande maioria dos empreendedores não tem a ajuda necessária para empreender nem a capacitação ideal para ter sucesso e sobreviver.

Os que conseguem passar de dois anos são verdadeiros heróis, praticamente autodidatas  na arte de viver o empreendedorismo.

Mas para que você não fique totalmente desamparado nesta crise, separamos 5 passos para que você possa sobreviver à crise e ainda criar oportunidades de crescimento.

1 – Mantenha seu foco e a cabeça fria

images

 

A questão de ter foco e cabeça fria é muito importante em uma crise. Quando estamos vivendo em uma crise é muito fácil vários familiares e amigos nossos fora do ramo nos darem centenas de ideias e sugestões cheias de boas intenções, mas de pouco resultado prático, afinal, eles entendem mais que você de muita coisa, menos do seu negócio.

Em épocas de crise, mais do que nunca, deve-se ter uma estratégia muito bem definida e focada em resultados práticos e objetivos.

Desenvolva sua estratégia com calma e foque no que você mais precisa naquele momento. Se precisar de uma estratégia para sobreviver e deixar sua empresa forte, foque nela e só nela até resolver essa questão. Feito isto, siga em frente e conquiste o mercado, pois nada melhor do que um mercado em crise para conseguir grandes oportunidades de negócio.

 

2- Pense fora da caixa

 

box-152428_1280

Em momentos críticos, temos excelentes oportunidades para criar e inovar em nossos negócios, e o melhor é que isso é geralmente através de ideias geniais e de alto grau de empreendedorismo, porque não temos a nossa disposição orçamento para testar demais, nem tempo a perder.

Grandes empreendedores sempre conseguem fazer algo diferente do mercado, pois são estimulados pelo desafio e pela vontade de melhorar e crescer.

Se você está com a loja vazia e as vendas caindo e precisa urgentemente de uma solução, nada melhor do que fazer uma análise dos seus processos organizacionais e estratégias de vendas.

E quando falamos de processos e estratégias de vendas, não estamos falando para grandes empresas.

Se sua empresa ainda não é tão grande, mesmo assim você deve focar em  ter processos e estratégias de vendas bem definidos e, de preferência, por escrito.

Mas voltando à dica de como pensar fora da caixa, pegue todos os seus processos  de um departamento e escreva.

Por exemplo, vamos pegar processos e estratégia de vendas,supondo que tenha  três processos simples: Cumprimentar o cliente, desenvolver a venda e fechar a venda.

Separe detalhadamente cada um desses passos e veja se você está fazendo pelo menos o necessário para um atendimento regular.

Se chegar à conclusão de que realmente nem o necessário está sendo feito, é hora de intensificar o trabalho nessa área.

Se você acredita que está fazendo o necessário, mas suas vendas não acontecem, alguma coisa está errada, é hora de refletir e repensar algo.

E a primeira coisa a se fazer é assumir a responsabilidade: o problema é seu e você é quem tem que resolver, não seu fornecedor, seu funcionário, o governo ou seu pai.

Se conseguiu chamar a responsabilidade para si, agora é hora de agir rápido.

Comece no primeiro passo do processo, veja o que pode melhorar e o que tem que descartar. Feito isso, foque na excelência do processo a ser trabalhado.

Lembre-se que o bom é o pior inimigo do ótimo.

Acredite: por incrível que pareça, com essa atitude e pensamento, ideias virão e você terá a chance de testar novas formas de fazer a mesma coisa, porém com a diferença que estará fazendo melhor, se destacando dos seus concorrentes e ficando a frente do seu mercado.

Muitas vezes, nós temos dificuldades de ter boas ideias e melhorar nossos negócios, porque focamos sempre em ser melhor que nosso maior concorrente, que em alguns casos, é 10 vezes maio do que a gente.

Se você está tendo essa dificuldade, ou acredita que essa missão é muito dura em um momento de crise, está na hora de mudar de estratégia.

Por que, ao invés de querer ser melhor que todo mundo, você não foca em ser diferente e especialista em algo? Isso lhe dará autoridade e expertise no seu mercado, O que lhe renderá grande valor aos olhos de seus clientes.

Mas lembre-se: ser diferente por ser diferente não leva ninguém a nada, só mude se for para realmente acrescentar algo de valor no mercado e na vida de seus clientes.

 

3 – Antecipe a crise e enxergue as oportunidades antes dos seus concorrentes

tutor

 

 

Nada melhor na vida do que se preparar para um acontecimento especial.

Quando casamos, preparamos nossos casamento por quase 1 ano através de planejamentos, pesquisas, escolha do local, número de convidados etc.

É dessa mesma forma que devemos fazer em relação ao nosso mercado e nossas lojas: é praticamente impossível, se você usar a razão, não prever que uma crise está se aproximando, a não ser que seja um evento atípico, como uma catástrofe natural, uma guerra, um meteoro bem em cima do seu comércio… Essas coisas que não dá para perceber.

Mas quando acontecem por vias normais, que é o enfraquecimento do consumo, pelo mais diverso fatores, como empresários temos a obrigação de nos informarmos e nos prepararmos para os acontecimentos que estão por vir

Se você conseguir fazer isso e identificar uma mudança padrão no comportamento de seus clientes pelo fator crise, ficará muito fácil adaptar seu estoque, seus preços, sua forma de vendas e até mesmo seu atendimento àquele cliente inserido na crise.

Imagine que você tem uma autopeça com oficina de carros e percebe que o juros do país vão aumentar bastante e, consequentemente, os juros dos carros, o que puxa para cima todo o mercado de automóveis: carros zero e usados sobem os juros quando aumenta a selic.

Logo, pela lógica, o mercado de compra de carros esfriaria  provavelmente as pessoas ficariam mais tempo com seus carros e isso,  consequentemente,  demandaria mais manutenção e cuidado com os carros, o que pode ser uma excelente oportunidade para você oferecer um produto e serviço adequando a esses clientes, solucionando a frustração deles de não ter um carro zero, mas um usado com características de  zero.

Tudo é questão de saber adaptar seu produto aos novos hábitos dos clientes que estão sofrendo com o processo da crise do mercado.

E, para isso, nada melhor do que se antecipar ao mercado com boas informações e deixar no gatilho sua estratégia vencedora.

Dessa forma, com certeza você estará criando oportunidades na crise e aproveitando a lacuna que praticamente todos os seus concorrentes vão deixar por não saberem como se posicionar perante os novos hábitos dos clientes.

4- Tenha uma mente de execução 

Nada mais importante na vida de um empresário do que saber executar de forma objetiva e rápida suas grandes estratégias.

O que mais ouvimos todos os dias são ideias geniais que, por um motivo ou outro, as pessoas não tiveram coragem e competência para executar o passo a passo da ideia e tirá-la do papel.

Se você não ficar bom em executar, você será lento e pesado em suas ações e isso lhe trará muitas dificuldades para sobreviver no mercado.

Então, se é para fazer algo e já está planejado, vá lá e faça, como diz um ditado, não há plano perfeito que sobreviva ao campo de batalha.

Então, por mais que você planeje, planeje e planeje, você sempre terá que ajustar algo, então nunca deixe de executar porque acha que seu planejamento não está perfeito. Ele não precisa ser perfeito, precisa apenas ter excelência.

E para ter o hábito de executar sua ideia, saiba quem vai te ajudar e qual parte cada pessoa será responsável por entregar. Feito isso, é só dar o prazo e cobrar o resultado.

5 – Procure um mentor que já tenha passado por uma crise

coach-407290_1280

 

Muitos empresários são orgulhosos e, apesar de estarem passando uma dificuldade muito grande em seus negócios, acreditam que irão conseguir sair sozinhos da crise sem a ajuda de ninguém.

Esse tipo de pensamento pode ser fatal para seus negócios.

Muito melhor do que querer fazer tudo sozinho é, na verdade, você procurar um mentor que te inspire e te estimule a atingir o resultado que você precisa naquele momento.

Grandes mentores são pessoas que se tornam especiais em nossas vidas, por nos passarem sua experiência e a melhor forma de passar por um momento de dificuldade.

Mas não pense que uma pessoa, para ser seu mentor, precisa de títulos, ser estudado, ser reconhecido publicamente.

Você não precisa procurar essas características em uma pessoas para ela ter condição de te ajudar, a única coisa que precisa saber é se essa pessoa já obteve resultado em seus negócios e se está  disposta a passar esse conhecimento.

E te falo com uma grande certeza: as melhores pessoas em suas áreas estão sempre dispostas a ajudar.

Basta você deixar o orgulho de lado e saber perguntar o que precisa saber.

Essas pessoas são como bons restaurantes: tem um excelente banquete a oferecer, mas você tem que saber pedir o que quer, para não abusar.

Siga seu mentor e tenho certeza que você terá mais paz em seus negócios, será menos ansioso e seu estresse diminuirá consideravelmente.

Agora, é hora de ir para cima dessa crise.

Espero que essas sacadas seja, úteis para você, te vejo no próximo artigo.

Eduardo Junqueira e Rodrigo Farias

Mas se você chegou até aqui, provavelmente está sério em aumentar suas vendas mesmo na crise.

E por isso quero compartilhar com você a estratégia que estou usando para aumentas minhas vendas mesmo na crise.

Clique aqui e baixe meu mini e-book com 4 passos estratégicos para aumentar suas vendas mesmo na crise.

 

 

 

capa do e-book

2 Comentários

  • Simone Fernandes Oliveira

    junho 14, 06 2016 12:21:37

    Oi boa noite tenho uma loja a 9 anos estou passado essa crise com dificuldade precisando de mercadoria mas acho que fiz uma coisa Boa sai do aluguel me ajude com orientação obrigado pois amo minha lojinha por favor

    • Eduardo Junqueira

      julho 06, 07 2016 08:05:51

      Oi, Simone,fico feliz por você está se mexendo e lutando!! Se sua loja for no nicho de varejo que venda produtos físicos, concentre em três pilares que acredito que irão te ajudar . 1- Seu caixa, Cuide e proteja seu caixa, mesmo se você tiver devendo, não deixe de lado o seu caixa, monitore ele e faça um planejamento para equilibrar ele ,caso seja esse seu caso. Se o seu caixa tá bem , é uma ótima notícia, você já estará na frente de muita gente, ai o próximo passo será analisar seu estoque .Foque em comprar somente o que você tem certeza que irá vender,e de preferencia que venda rápido, não é hora de arriscar produtos novos, fique boa em achar os produtos AAA do seu negócio e gaste a maioria do seu tempo e dinheiro neles , então com dinheiro controlado, bons produtos , o outro pilar que é o oxigenio das lojas são as vendas, como vc ja sabe, muita coisa mudou no nosso país nesse ultimo ano em termos de consumo.
      As pessoas estão cada vez mais seletivas na hora de comprar e se informando bastante antes de tomar alguma decisão .
      E o lugar onde mais se pesquisa hoje é na internet, tente ter uma comunicação criativa e próxima com seus clientes não apenas na loja, mas tambem no facebook, instagram e whatsapp.
      Acredito que assim, você já possa melhorar bastante seu negócio, pois estará equilibrando as contas, melhorando seu mix de produtos e oferta, e além de estar trabalhando novos canais de vendas , possibilitando um alcance maior das sua ofertas perante sua base de clientes. Muito sucesso e sempre em frente!!!

Deixe uma resposta